26.10 segunda 11:00 e 14:30 sala 2

ANTÓNIO MIGUEL TEIXEIRA direcção artística e interpretação 

FLÁVIO ALDO, JOANA PEREIRA, JOAQUIM ALVES E SOFIA NEREIDA interpretação 


Em ano de comemoração do 250º aniversário de Beethoven não poderíamos deixar de trazer para a programação dos Primeiros Concertos a música do génio alemão. Este concerto promoverá uma primeira abordagem à música de Beethoven com a leveza e o tom divertido que a idade dos ouvintes requer. No fundo, queremos deixar desde cedo uma semente da grande música no ouvido e na alma dos bebés que forem assistir.


€ 3

30.11 segunda 11:00 e 14:30 sala 2

FACTOR E! direcção artística

DANIEL SOUSA, INÊS LAPA, JOAQUIM ALVES, ÓSCAR RODRIGUES e TIAGO OLIVEIRA interpretação


A inspiração no Carnaval dos Animais de Saint-Saëns e todo o imaginário que é criado na infância à volta dos animais fazem com que esta produção do Serviço Educativo da Casa da Música tenha de regressar à nova programação. Mais um concerto onde, de forma leve, apresentamos o grande repertório a pequenos ouvintes, tomando-o como matéria-prima de um espectáculo para as primeiras idades.


€ 3

25.01 segunda 11:00 e 14:30 sala 2

SOFIA NEREIDA direcção artística e interpretação

FLÁVIO ALDO e JOANA PEREIRA interpretação


Esta criação do Serviço Educativo estreou-se em 2013 aquando do ano Itália. Teve um enorme sucesso, o que a levou a ser também apresentada fora da Casa. Pensámos por isso que este seria o momento ideal de a recuperar. Toda a inspiração de Viva Vivaldi!, espectáculo de forte componente cénica e cenográfica, advém da música escrita por este grande compositor italiano do período Barroco.


€ 3

15.02 segunda · 11:00 e 14:30 sala 2

AQUILO QUE VOCÊS QUISEREM direcção artística e interpretação


Quando, em 2016, se comemorou a Rússia e a sua música, desafiámos o quinteto aquilo que vocês quiserem a criar um concerto para bebés à volta da obra de Igor Stravinski. Propuseram-nos um espectáculo em que, embalados pela viagem do príncipe Ivan na procura do Pássaro de Fogo, passamos do compositor russo a outros autores, a novas músicas e destinos, à descoberta de que cada pássaro tem características e gostos específicos, mas é de todos em conjunto que nasce a verdadeira música. O concerto, que entretanto visitou os auditórios municipais de Vila Real e de Espinho, volta à sua casa-mãe.


€ 3

22.03 domingo 11:00 e 14:30 sala 2

WORTEN DIGITÓPIA direcção artística e interpretação


Um mergulho na floresta, nas suas histórias e paisagens sonoras, com a ajuda da Worten Digitópia, que, recorrendo à tecnologia, nos dará a ouvir de múltiplas formas os sons de uma floresta mágica. Um concerto-viagem que é igualmente um despertar da consciência de todos para questões ambientais e que, num mês em que se celebra a Primavera e a floresta, faz todo o sentido apresentar ao nosso público.


€ 3

19.04 segunda 11:00 e 14:30 sala 2

PAULO NETO direcção artística e interpretação

FACTOR E! interpretação


Carlo Collodi escreveu uma das mais fascinantes histórias infantis de sempre, Pinóquio. Num Ano Itália, como este de 2021, revemos a história do boneco de madeira, a sua mensagem, e transformamo-la num espectáculo musical adaptado aos nossos dias e vocacionado para o público dos Primeiros Concertos. Será a estreia de mais uma nova produção do Serviço Educativo.


€ 3

10.05 domingo 11:00 e 14:30 sala 2

ANTÓNIO MIGUEL TEIXEIRA e SOFIA NEREIDA direcção artística e interpretação

ESCOLA PROFISSIONAL DE MÚSICA DE ESPINHO interpretação


Versão concerto da oficina de grande sucesso em que os irmãos Mozart contam as suas histórias e são desveladas viagens e aventuras musicais do pequeno prodígio de Salzburgo. Em tom lúdico e festivo, promovendo a interacção de todo o público, vamos conhecer a arte precoce de um dos maiores compositores de sempre.


€ 3

14.06 segunda 11:00 e 14:30 sala 2

JOANA ARAÚJO e TIAGO OLIVEIRA direcção artística e interpretação

FACTOR E! interpretação


Em 2021 comemorar-se-ão os 400 anos do nascimento de Jean de la Fontaine. Apontado por muitos como um dos pioneiros da escrita infanto-juvenil, escreveu dezenas de fábulas ainda hoje contadas de geração em geração. Na sua fonte inspiramo-nos para criar um concerto em que a música se cruza com o imaginário animal, apelando a todos os sentidos do nosso público.


€ 3

Tendo em conta os constrangimentos causados pela pandemia e para darmos a melhor resposta às particularidade de cada grupo,
durante este primeiro período (Outubro-Dezembro), pedimos que nos contactem através do email seducativo@casadamusica.com.

Assim, para a marcação das nossas oficinas deve ser indicada a preferência de data; a preferência de dia de semana; o n.º de alunos
de cada turma/grupo e o respectivo ano, caso se aplique; o nome e contacto do professor/técnico responsável.


segundas 18 e 25.01 · 01 e 22.02 · 01, 08 e 15.03 · 12, 19 e 26.04 · 03, 10, 17 e 31.05 · 07.06 · 10:00 e 14:30 sala de ensaio 2

JOAQUIM ALVES e TIAGO OLIVEIRA formadores 


Oficina criada para o Ano França, tem como base objectos comuns num restaurante e numa cozinha – pratos, talheres, copos, panelas – e propõe confeccionar com eles uma experiência musical. Dois chefs seguem um menu internacional, em que o ritmo, o movimento e a coordenação são os ingredientes imprescindíveis, e apresentam para cada país um prato e uma música que todos terão de degustar. 


€ 2,5

segundas 18 e 25.01 · 22.02 · 01 e 15.03 · 26.04 · 03, 17 e 31.05 · 07, 21 e 28.06 · 10:00 e 14:30 sala de ensaio 3

ANTÓNIO MIGUEL TEIXEIRA e PAULO NETO formadores


É com base na ideia de orquestra que vamos buscar as melhores práticas para a vida – e vice-versa. Quando o solista toca devemos estar em silêncio e com atenção. Já se fazemos parte do tutti é fundamental que colaboremos com dedicação e empenho. Cabe-nos igualmente seguir o maestro e respeitar o silêncio. As regras, na música e na vida, devem estar sempre presentes, mas uma vez por outra apetece mesmo fintá-las. É até saudável e pode dar um gozo tremendo. Vamos ver o que este maestro permite.


€ 2,5

terças 19 e 26.01 · 02 e 23.02 · 02, 09 e 16.03 · 13, 20 e 27.04 · 04, 11 e 18.05 · 08.06 · 10:00 e 14:30 sala de ensaio 2

ANA ISABEL OLIVEIRA e NUNO PEIXOTO formadores


Partimos do repertório de Itália para um novo projecto. Queremos mostrar e partilhar música italiana, entre outros aspectos da cultura daquele país, e assim despertar a curiosidade dos frequentadores desta oficina. A bota da Europa dá o tom e, pelo meio, todos são chamados a participar.


€ 2,5

quartas 20 e 27.01 · 24.02 · 03, 10 e 17.03 · 14, 21 e 28.04 · 05, 12 e 19.05 · 09.06 · 10:00 e 14:30 sala de ensaio 2

ANTÓNIO MIGUEL TEIXEIRA e PAULO NETO formadores


Partimos de um encontro que nunca existiu: Napoleão conversa com Beethoven mas não se conseguem entender. Este é apenas um pretexto para falarmos e ouvirmos a música do compositor alemão e, com humor à mistura, abordarmos a famosa dedicatória a Napoleão que Beethoven rasurou, acabando por dar à sua terceira sinfonia o título de Eroica. Em suma, uma oficina feita de aprendizagem histórica, conhecimento musical e muita diversão.


€ 2,5

quartas 20 e 27.01 · 24.02 · 03, 10 e 17.03 · 14, 21 e 28.04 · 05, 12 e 19.05 · 09.06 · 10:00 e 14:30 sala laranja

ANTÓNIO MIGUEL TEIXEIRA e PAULO NETO formadores


Nesta oficina usamos as potencialidades do Sonorium, uma criação da Worten Digitópia que está instalada na Sala Laranja. Trata-se de instrumento virtual que reage das mais diversas formas a cada movimento nosso. Com ele aprendemos sobre a pulsação, o ritmo, os sons e a possibilidade de fazer música ocupando o espaço. Por outras palavras, desenhamos o território da festa.


€ 2,5

16.10 sexta 11:00 e 14:30 sala 2

FACTOR E! concepção e direcção artística

FILIPE MONTEIRO, JOÃO COSTA, JOÃO PAULO ROSADO, PAULO GOMES e RUI TEIXEIRA interpretação


Quando, em 1945, Joseph Kosma escreveu música para o ballet Le rendez-vous e se inspirou no Poème d’Octobre de Jules Massenet, estava longe de saber que a sua melodia viria a tornar-se num dos mais tocados standards de jazz de sempre. Este é o ponto de partida para um concerto que nos levará ao jazz e à constante mutação que, nas mãos dos seus intérpretes, a música popular foi sofrendo. Famílias e público geral


€ 3

13.11 sexta 11:00 e 14:30 sala 2

MÁRIO JOÃO ALVES concepção, direcção artística e interpretação

ÂNGELA ALVES, GABRIEL NEVES, JOÃO TIAGO MAGALHÃES E PAULINA MACHADO interpretação

ÓPERA ISTO co-produção


Mário João Alves, com o seu colectivo Ópera Isto, tem sido um colaborador regular do Serviço Educativo na produção de espectáculos originais que habitualmente inauguram cada nova temporada. O Olho Esquerdo de Júlio Verne abriu o Ano França e antes do seu fim apresentamos este excelente espectáculo que nos traz música do tempo de Júlio Verne, inclusivamente de operetas em que ele foi o libretista, e nos dispõe muito bem, usando o humor como base de toda esta história.


€ 3

19.02 sexta 11:00 e 14:30 sala 2

WORTEN DIGITÓPIA direcção artística

FACTOR E! interpretação


Todos os anos temos marcado presença no ciclo Invicta.Música.Filmes com projectos novos que envolvem o Factor E! e a Worten Digitópia. Para 2021 propomos a descoberta dos filmes de animação de Lotte Reiniger, que se caracterizam pelo uso de sombras e que, apesar de serem quase centenários, constituirão uma enorme novidade aos olhos do público mais jovem. Para cada um dos filmes será composta música que terá interpretação ao vivo.


€ 3

11.12 sexta 11:00 e 14:30 sala 2

COMPAGNIE BALLE ROUGE produção

DENIS GARENAUX, FRANCK JUBLOT e FRED FERRAND interpretação


Quando, em 2018, esta produção foi galardoada com o prémio europeu Yam Awards num evento acolhido pela Casa da Música ficámos logo com vontade de a apresentar ao nosso público. Ópera visual sem palavras, comove ao mostrar-nos a vida e as suas diferentes etapas de uma forma poética e tocante, ajustada à época de Natal. A música tem um papel fulcral nesta viagem, cujas personagens centrais são figuras geométricas em espuma que reagem como se de humanos se tratassem.


€ 3

15.01 sexta 11:00 e 14:30 sala 2

MÁRIO JOÃO ALVES concepção e direcção artística

ÓPERA ISTO co-produção


Voltamos a desafiar o tenor e escritor Mário João Alves para uma criação original. Desta vez a inspiração será a canção italiana, nomeadamente a de Nápoles. Pelo meio invocar-se-á uma série de compositores, nomes como Rossini, Leoncavallo ou Puccini. Os trocadilhos, o humor e a imaginação estarão, como sempre, presentes nesta estreia.


€ 3

28.05 sexta 11:00 e 14:30 sala 2

RUI RODRIGUES direcção artística e interpretação

FACTOR E! interpretação


Depois da Páscoa começa o tempo das festas populares. Um pouco por todo o país as romarias ocupam as praças e os largos das igrejas. Partindo do espólio de instrumentos populares portugueses que existe na Casa da Música e de todo um cancioneiro, recriaremos um verdadeiro arraial português em celebração da música de raiz mais popular.



€ 3

12.03 sexta 11:00 e 14:30 sala 2

BRUNO ESTIMA, JOANA ARAÚJO, JORGE QUEIJO, PAULO NETO e TIAGO OLIVEIRA direcção musical e interpretação


Printemps alimenta-se da música francesa, baseando-se num repertório que passa por Debussy, Ravel ou Saint-Saëns e é apresentado de variadas formas. A chegada da Primavera celebra-se com canções que lembram o campo, as aves e as cores da Natureza nesta estação do ano. Tendo como base uma criação do Serviço Educativo para o Tokyo Bunka Kaikan, Printemps é uma ode à renovação.


€ 3

23.04 sexta 11:00 e 14:30 sala 2

TÂNIA DINIS, IVO ROMEU BASTOS e PEDRO BASTOS criação

PEDRO BASTOS texto

IVO ROMEU BASTOS interpretação

TÂNIA DINIS visuais

WORTEN DIGITÓPIA música

CIRCUITO – SERVIÇO EDUCATIVO BRAGA MEDIA ARTS co-produção


O que foi a censura? O que foi o 25 de Abril? E se de um momento para o outro algumas das palavras que poderíamos ler num jornal desaparecessem como que por magia? Pela primeira vez abordamos a revolução de Abril, questionando a censura e a verdade que, ao acabar ocultada, tem de ser lida nas entrelinhas.


€ 3

01.06 terça 11:00 e 14:30 sala suggia

FACTOR E! direcção musical e interpretação


Uma criação completamente nova para assinalar, na Sala Suggia, o Dia da Criança. De várias partes do mundo receberemos contribuições musicais – áudio e vídeo – de crianças. Elas ensinar-nos-ão canções populares do seu país, da sua região. Músicos da equipa do Serviço Educativo recriarão cada uma dessas melodias, potenciando a sua interactividade e desafiando o público infantil a cantar e a participar das mais variadas formas. Um momento em que se mostra quão pequeno é o mundo quando a língua usada é a mais universal de todas: a música.


€ 3

Tendo em conta os constrangimentos causados pela pandemia e para darmos a melhor resposta às particularidade de cada grupo,
durante este primeiro período (Outubro-Dezembro), pedimos que nos contactem através do email seducativo@casadamusica.com.

Assim, para a marcação das nossas oficinas deve ser indicada a preferência de data; a preferência de dia de semana; o n.º de alunos
de cada turma/grupo e o respectivo ano, caso se aplique; o nome e contacto do professor/técnico responsável.


segundas 18 e 25.01 · 01 e 22.02 · 01, 08 e 15.03 · 12, 19 e 26.04 · 03, 10, 17 e 31.05 · 07.06 · 10:00 e 14:30 sala de ensaio 2

JOAQUIM ALVES e TIAGO OLIVEIRA formadores


Oficina criada para o Ano França, tem como base objectos comuns num restaurante e numa cozinha – pratos, talheres, copos, panelas – e propõe confeccionar com eles uma experiência musical. Dois chefs seguem um menu internacional, em que o ritmo, o movimento e a coordenação são os ingredientes imprescindíveis, e apresentam para cada país um prato e uma música que todos terão de degustar.


€ 2,5

segundas 18 e 25.01 · 22.02 · 01 e 15.03 · 26.04 · 03, 17 e 31.05 · 07, 21 e 28.06 · 10:00 e 14:30 sala de ensaio 3

ANTÓNIO MIGUEL TEIXEIRA e PAULO NETO formadores


É com base na ideia de orquestra que vamos buscar as melhores práticas para a vida – e vice-versa. Quando o solista toca devemos estar em silêncio e com atenção. Já se fazemos parte do tutti é fundamental que colaboremos com dedicação e empenho. Cabe-nos igualmente seguir o maestro e respeitar o silêncio. As regras, na música e na vida, devem estar sempre presentes, mas uma vez por outra apetece mesmo fintá-las. É até saudável e pode dar um gozo tremendo. Vamos ver o que este maestro permite.


€ 2,5

terças 19 e 26.01 · 02 e 23.02 · 02, 09 e 16.03 · 13, 20 e 27.04 · 04, 11 e 18.05 · 08.06 · 10:00 e 14:30 sala de ensaio 2

ANA ISABEL OLIVEIRA e NUNO PEIXOTO formadores


Partimos do repertório de Itália para um novo projecto. Queremos mostrar e partilhar música italiana, entre outros aspectos da cultura daquele país, e assim despertar a curiosidade dos frequentadores desta oficina. A bota da Europa dá o tom e, pelo meio, todos são chamados a participar.


€ 2,5

quartas 20 e 27.01 · 24.02 · 03, 10 e 17.03 · 14, 21 e 28.04 · 05, 12 e 19.05 · 09.06 · 10:00 e 14:30 sala de ensaio 2

ANTÓNIO MIGUEL TEIXEIRA e PAULO NETO formadores


Partimos de um encontro que nunca existiu: Napoleão conversa com Beethoven mas não se conseguem entender. Este é apenas um pretexto para falarmos e ouvirmos a música do compositor alemão e, com humor à mistura, abordarmos a famosa dedicatória a Napoleão que Beethoven rasurou, acabando por dar à sua terceira sinfonia o título de Eroica. Em suma, uma oficina feita de aprendizagem histórica, conhecimento musical e muita diversão.


€ 2,5

quintas 21 e 28.01 · 04 e 25.02 · 04, 11 e 18.03 · 15, 22 e 29.04 · 06, 13 e 20.05 · 17.06 · 10:00 e 14:30 sala ensaio 2

FILIPE FERNANDES e INÊS LAPA formadores


É já um clássico da programação de Oficinas do Serviço Educativo. Um autêntico laboratório onde os alunos observam fenómenos muitas vezes abordados nas aulas de Física ou até de Matemática, o que ajuda a explicar a intensa procura de que esta oficina é alvo por parte das escolas. Nela “vemos” o som, como se propaga, como se comporta em diferentes meios ou ainda como o podemos manipular, criando música. Uma verdadeira aula prática.


€ 2,5

Tendo em conta os constrangimentos causados pela pandemia e para darmos a melhor resposta às particularidade de cada grupo,
durante este primeiro período (Outubro-Dezembro), pedimos que nos contactem através do email seducativo@casadamusica.com.

Assim, para a marcação das nossas oficinas deve ser indicada a preferência de data; a preferência de dia de semana; o n.º de alunos
de cada turma/grupo e o respectivo ano, caso se aplique; o nome e contacto do professor/técnico responsável.


24.05 a 28.05 segunda a sexta 10:00 e 14:30 sala de ensaio 2

FACTOR E! formadores


É de Java o Gamelão que a Casa da Música adquiriu em 2008, um instrumento comunitário onde o colectivo prevalece sobre o solo. Tem servido para muitos propósitos: oficinas, projectos, em particular aqueles que incluem pessoas com necessidades especiais, para diversos concertos e até para a criação de nova música. Na Indonésia todos o tocam, há um em cada aldeia e une as pessoas à volta da música. O nosso gamelão também o faz, como nesta oficina, onde os participantes exploram timbres e descobrem sons de outras paragens.


€ 2,5

08.02 a 12.02 segunda a sexta 10:00 e 14:30 sala de ensaio 2

HENRIQUE APOLINÁRIO e MARIYA NESVYETAYLO formadores


Na sala teremos instrumentos, lápis, papéis e todo o espaço para explorarmos uma abordagem diferente e muito alargada da música. As relações entre o som, o movimento e o desenho estão em primeiro plano nesta oficina para crianças, cujas dinâmicas partem do jogo como motor de expressão. São sugeridos exercícios de disponibilização sensorial, jogos que relacionem o corpo e a voz, o som e a cor, o movimento e o desenho. O propósito é acordar os participantes para conexões entre os vários sentidos (auditivo, visual, táctil), desafiando e desbravando formas de desenhar, cantar e comunicar.


€ 2,5

Tendo em conta os constrangimentos causados pela pandemia e para darmos a melhor resposta às particularidade de cada grupo,
durante este primeiro período (Outubro-Dezembro), pedimos que nos contactem através do email seducativo@casadamusica.com.

Assim, para a marcação das nossas oficinas deve ser indicada a preferência de data; a preferência de dia de semana; o n.º de alunos
de cada turma/grupo e o respectivo ano, caso se aplique; o nome e contacto do professor/técnico responsável.


26 de fevereiro

ANTÓNIO MIGUEL TEIXEIRA, DALILA TEIXEIRA, RAQUEL COUTO e TIAGO OLIVEIRA formadores


O canto é o instrumento com que todos nascemos e há até quem o aponte como antecessor da fala entre os humanos. Por isso esta Oficina alargada vai pôr alunos a cantar e mostrar-lhes o que é uma melodia, como um cânone cria a harmonia e como podemos até recriar a natureza com a nossa voz.


sexta 10:00-12:30 · apresentação 12:30 escolas do ensino básico (a partir do 3º ano) e ensino vocacional de música · vários espaços


3€

19 de março

JOAQUIM ALVES, JORGE QUEIJO, LUÍS OLIVEIRA e RUI RODRIGUES formadores


A percussão será a base desta Sexta Maior. Bombos, caixas, castanholas, triângulos, shakers e mais uma grande quantidade de instrumentos de percussão que existem no Serviço Educativo servirão esta experiência rítmica. Embora para percutir nos bastem as mãos, se queremos mesmo curtir é bom ter mais recursos, sejam eles as diferentes partes do corpo, instrumentos tradicionais ou tudo o que tenhamos… à mão. Partimos de ritmos simples, populares ou não, e sobre eles improvisamos, criando outros.


sexta 10:00-12:30 · apresentação 12:30 escolas do ensino básico (a partir do 3º ano) e ensino vocacional de música · vários espaços

3€

21 de maio

ANTÓNIO MIGUEL TEIXEIRA, DALILA TEIXEIRA, RAQUEL COUTO e TIAGO OLIVEIRA formadores


Voltamos ao canto, mas desta vez a base será especificamente a música popular portuguesa. De norte a sul há excelentes exemplos de músicas que permitem a exploração criativa por parte destes grupos escolares. Viajaremos musicalmente ao longo do território e aprenderemos um pouco mais sobre a nossa cultura.


sexta 10:00-12:30 · apresentação 12:30 escolas do ensino básico (a partir do 3º ano) e ensino vocacional de música · vários espaços


3€

24 de outubro

sábado 14:30-18:30 Sala de Ensaio 3

FILIPE FERNANDES formador

WORTEN DIGITÓPIA concepção e desenvolvimento


O uso de tecnologia como ferramenta de criação num contexto de comunidade tem aumentado exponencialmente nos últimos anos. Aqui iremos apresentar não apenas alguns exemplos, mas também um conjunto de boas práticas da utilização da tecnologia na arte participativa. Uma excelente oportunidade para aqueles que têm em mãos projectos em contexto comunitário.

Músicos, formadores, técnicos da área social

[Nota: os participantes são convidados a trazer computador pessoal]


€ 15

Brevemente disponível

31 de outubro

sábado 14:30-18:30 Sala de Ensaio 2

ANTÓNIO MIGUEL TEIXEIRA e SOFIA NEREIDA formadores


Os novos tempos redobram a importância de trabalharmos com os mais velhos, em especial no contexto de lares e centros de dia, para que o ímpeto criativo e a abordagem positiva da vida não esmoreçam. Esta formação, especialmente dedicada ao trabalho com cidadãos seniores, reflecte sobre aspectos como as técnicas de ensino ou a escolha de repertório que melhor potenciam a interacção desejada.

Músicos, formadores, técnicos e auxiliares da área social que desenvolvem trabalho com cidadãos seniores


€ 15

05 de dezembro

sábado 14:30-18:30 Sala de Ensaio 2

ÓSCAR RODRIGUES formador

WORTEN DIGITÓPIA concepção e desenvolvimento


As relações simbióticas passíveis de ser estabelecidas entre campos do saber não têm limite, assim haja vontade de derrubar fronteiras ilusórias. A aprendizagem da ciência, por exemplo, pode valer-se do potencial expressivo das artes, melhor ainda se com o auxílio da tecnologia. A criação de projectos multidisciplinares e multimédia para todos os níveis de ensino, do pré-escolar ao ensino superior, traz benefícios claros à escola dos nossos dias, que se quer mais versátil, mais criativa e mais inclusiva.

Músicos, professores e outros interessados em estratégias de ensino

[Nota: os participantes são convidados a trazer computador pessoal]


€ 15

23 de janeiro

sábado 14:30-18:30 Sala de Ensaio 2

ISABEL GONÇALVES e JOANA ARAÚJO formadoras


Muitos dos profissionais que trabalham com bebés e crianças até aos seis anos sentem uma grande dificuldade em encontrar o repertório mais correcto para esta faixa etária. É, por isso, a educadores e auxiliares que se destina o nosso Cantar com Bebés, no sentido de os ajudar a encarar a voz como forma maior de comunicação. O repertório, ajustado à extensão vocal de crianças dos 0 aos 6 anos, promove os jogos de sons e a interacção vocal.

Professores do ensino pré-escolar e auxiliares de acção educativa


€ 15

Brevemente disponível

20 de fevereiro

sábado 14:30-18:30 Sala de Ensaio 2

DUARTE CARDOSO e RAQUEL COUTO formadores


A prática coral nas escolas do ensino básico tem sido muito pouco fomentada em Portugal, não havendo também uma noção clara de como esse caminho pode ser aberto e percorrido pelos professores titulares. Daí a pertinência de partilharmos com os docentes um conjunto alargado de repertório e de técnicas para colocar alunos a cantar. Usaremos a nossa experiência com o Coro Infantil e os projectos escolares que lhe estão associados para mostrar como todos podemos cantar.

Professores do ensino básico e de actividades de enriquecimento curricular e auxiliares de acção educativa


€ 15

Brevemente disponível