Em Novembro, a fertilidade do Barroco musical volta a ser celebrada no festival mais antigo da Casa da Música. Andaremos À Volta do Barroco com grandes compositores de todos os tempos, interpretados pelos nossos agrupamentos residentes, ao lado de solistas de craveira internacional. Mas as propostas do mês vão além da música antiga e desdobram-se em múltiplas direcções, contemplando programas variados da Orquestra Sinfónica, ícones da música brasileira como Edu Lobo & Mônica Salmaso ou Lenine, grandes concertos do Misty Fest, os 25 anos da Orquestra Jazz de Matosinhos, talentos nacionais e internacionais de áreas distintas e, claro, as nossas sempre estimulantes actividades educativas.

A 17.ª edição do festival À Volta do Barroco começa com uma homenagem à música de Bach, apresentada com arranjos para orquestra sinfónica de grandes compositores modernos, e prossegue com a polifonia renascentista de Palestrina, pelo Coro Casa da Música. O Concerto para solista e orquestra, marca registada do Barroco, junta a Orquestra Barroca a duas sumidades do universo musical: o maestro Andreas Staier e o violinista Ilya Gringolts. Como muitas das práticas do Barroco perduram na música que se tem escrito até hoje, também há espaço para ouvirmos motetos de Bruckner ou uma obra de Rebecca Saunders. O festival termina com os solistas da Barroca, já depois de passar pela grande Missa em Dó menor de Mozart.

Vale de Cambra

19:30

NOVOS VALORES DO FADO

PRÉMIO NOVOS TALENTOS AGEAS

21:00

Maia

21:30 

ORQUESTRA SINFÓNICA 

DO PORTO CASA DA MÚSICA 

18:00 

CORO CASA DA MÚSICA

21:00 

MISTY FEST

18:00 

REMIX ENSEMBLE & ORQUESTRA BARROCA 

CASA DA MÚSICA

18:00 

13.º CURSO LIVRE DE HISTÓRIA DA MÚSICA

19:30

REMIX ENSEMBLE & ORQUESTRA BARROCA 

CASA DA MÚSICA

21:00

MISTY FEST

Valongo

18:00

ORQUESTRA SINFÓNICA & CORO 

CASA DA MÚSICA

12:00

18:00

19:30

14:30

16:00 

18:00

ORQUESTRA SINFÓNICA 

DO PORTO CASA DA MÚSICA

21:00

19 sábado · 18:00

ORQUESTRA SINFÓNICA 

DO PORTO CASA DA MÚSICA

Ao ouvir a música de Berlioz pela primeira vez, um crítico britânico considerou que chamar-lhe “original” era dizer pouco. Com uma riquíssima paleta de cores orquestrais, o compositor francês foi tão admirado quanto incompreendido, mas refundou a sonoridade da orquestra e trouxe-a para uma era moderna. A Sinfonia Fantástica, iniciada na juventude e construída ao sabor de uma intensa e dramática paixão, mantém-se como a sua obra mais famosa.

21 segunda · 21:00

MISTY FEST

78 anos de vida, pelo menos 60 de música. Acima de ter assinado pérolas intemporais como “Upa Neguinho” ou “Pra Dizer Adeus”, que figuras como Caetano Veloso, Sérgio Mendes, Maria Bethânia, Marcos Valle ou Sarah Vaughan e Earth, Wind & Fire fizeram questão de juntar aos seus repertórios, Edu Lobo afirmou uma visão singular da bossa nova e da MPB que continua viva e vibrante. É essa visão que agora traz a Portugal, na companhia de uma das suas grandes intérpretes, Mônica Salmaso. 

30 quarta · 22:00

São 25 anos de Orquestra Jazz de Matosinhos. Voltar às origens é a melhor forma de os celebrar, com repertório saído da pena de Pedro Guedes e Carlos Azevedo, directores musicais da big band matosinhense e dois nomes incontornáveis na transformação do meio jazzístico nacional. Para este concerto, a orquestra convida uma vez mais o destacado saxofonista norte-americano Chris Cheek, músico já bastante familiarizado com a linguagem de Azevedo e de Guedes. 

21:00

MISTY FEST

19:30

PRÉMIO NOVOS TALENTOS AGEAS

21:00

MISTY FEST

21:00

ORQUESTRA SINFÓNICA 

DO PORTO CASA DA MÚSICA

21:00

12:00

ORQUESTRA SINFÓNICA 

DO PORTO CASA DA MÚSICA

21:00

21:00

MISTY FEST

21:30

CONCERTO SOLIDÁRIO VIDA NORTE

22:00